Operação de balanças rodoviárias em postos fixos e móveis na malha rodoviária do Estado da Bahia

Operação de balanças rodoviárias em postos fixos e móveis na malha rodoviária do Estado da Bahia

No início dos anos 2000, o DERBA - Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia, desenvolver um programa para recuperar as rodovias do Estado, no qual foi incluída a construção de postos de pesagem fixos e móveis.
Atuamos no programa de controle de peso do DERBA deste seu início em 2005, através de equipes capacitadas para utilização de equipamentos de pesagem dinâmica.

O DESAFIO

O DERBA-Departamento de Infraestrutura de Transportes da Bahia desenvolveu no início dos anos 2000, com apoio do Banco Mundial, um amplo programa de recuperação de rodovias, no qual foi incluída a construção de postos de pesagens distribuídos nos principais corredores de tráfego do Estado. O controle de peso teve como objetivo principal da implantação, pelo DERBA, do Programa de Monitoramento do Tráfego nas Rodovias Estaduais, controlar e monitorar o excesso de peso nos veículos de carga rodoviária nas rodovias Estaduais e Federais delegadas.

Tal excesso produz esforços não previstos no dimensionamento dos pavimentos e das obras de arte especiais, causando: deterioração precoce e redução de sua vida útil do pavimento e das obras de arte especiais; aumento dos custos de manutenção e conservação das rodovias; aumento do custo do transporte em função do aumento do tempo das viagens e da manutenção dos veículos; aumento nos custos de operação e manutenção da frota; e aumento do número de acidentes rodoviários.

O programa de gerenciamento do tráfego rodoviário de cargas, implantado pelo DERBA, contempla a operação de sistemas de controle de peso através de sistemas móveis e fixos, disciplinando o tráfego rodoviário de cargas nas principais rotas de carga do estado, cujos dados são compilados em uma central de gerenciamento de informações onde são, ainda, efetuadas as triagens e o gerenciamento dos autos de infração.

NOSSA MISSÃO

Atuamos no programa de controle de peso do DERBA deste seu início em 2005, através de equipes capacitadas para utilização de equipamentos de pesagem dinâmica A operação de sistema de pesagem é composta de uma série de rotinas, as quais deverão ser permanentemente observadas pelos diversos componentes e responsáveis pelas equipes, a seguir descritas:

  • Pesagem - É a operação de pesagem propriamente dita, ao passar pelo equipamento, o peso dos eixos é medido, e totalizados para compor o peso bruto total. Esses valores serão comparados, caso ocorra algum excesso, o sistema irá acusá-lo, indicando cada tipo e respectivo valor, sendo o motorista instado a estacionar para ser efetuada a autuação;
  • Autuação - O auto de infração é emitido pelo equipamento. Ato contínuo, o agente autuador designado pelo DERBA assina o auto de infração, e o condutor do veículo será convidado também a assinar, recebendo uma via para seu conhecimento e eventual providência de recurso. A operação de pesagem é feita através do SMT – Sistema de Multas de Trânsito, que permite a emissão do Auto ao mesmo tempo em que gera os arquivos digitais para o processamento;
  • Transbordo - Quando os valores do PBT-Peso Bruto Total verificados ultrapassam os limites específicos, caracteriza-se a situação de transbordo, a qual é realizada nos pátios dos próprios postos de pesagem;
  • Remanejo - Quando os valores do PBT verificados não ultrapassarem os limites específicos, mas ocorrer o excesso em um dos eixos ou grupo de eixos, caracteriza-se a situação de remanejo, o qual também é realizado no pátio do posto;
  • Controle de Evasão - Entende-se como evasão, toda vez que um veículo de carga passa por fora do posto de pesagem, não atendendo à sinalização para pesagem, ou quando um veículo de carga efetua a pesagem e, constatado o excesso de peso, o condutor não atende o sinal do auxiliar de tráfego, não estacionando seu veículo para a autuação. Nestas situações, o operador comunica o fato, imediatamente, à autoridade competente, visando se possível reter o veículo, autuá-lo por desrespeito à sinalização e encaminhá-lo ao posto de pesagem para autuação, se já estiver constatado o excesso, ou para a pesagem caso não tenha sido feita.
  • Controle de Dados - Como citado anteriormente, as autuações são geradas através do SMT, inclusive permitindo a geração de arquivo digital que é enviado para o DERBA. Todas as pesagens efetuadas, os excessos acusados, bem como as autuações emitidas, são registradas também no software de pesagem dos fabricantes dos equipamentos, o que permite a armazenagem dos dados em sistema informatizado, visando o seu processamento para finalidades diversas, tais como, elaboração dos relatórios gerenciais, controles estatísticos, e outros.
Voltar ao topo da página
SYSTRA Brasil RUA OLIMPÍADAS, 100, VILA OLÍMPIA, SÃO PAULO - SP. TEL: (11) 3048-9300 | Email : brasil@systra.com