Mobicentro - Segurança para o pedestre e prioridade para o transporte coletivo na área central de Belo Horizonte - MG

Mobicentro - Segurança para o pedestre e prioridade para o transporte coletivo na área central de Belo Horizonte - MG

O DESAFIO
Antes da copa acontecer no Brasil, a BHTRANS – órgão responsável pelo transporte e trânsito da cidade de Belo Horizonte – se preparava para a implementação do sistema BRT (Bus Rapid Transit), com a ampliação das faixas e pistas exclusivas para ônibus, alteração dos veículos (com portas para embarque e desembarque pelo lado esquerdo), adoção de terminais fechados com pré-pagamento da passagem, etc. Com isso se tornou fundamental que a região da área central e área hospitalar fossem devidamente preparadas para o desafio de permitir uma convivência harmoniosa e segura destes novos usuários com os que já circulavam na área.

NOSSA MISSÃO
Através de estudos técnicos especializados em engenharia de transporte e tráfego, a SYSTRA avaliou e propôs soluções para transformar as áreas central e hospitalar, criando um ambiente que acolhesse especialmente os pedestres e o seu principal modo de transporte, o ônibus. O projeto foi desenvolvido usando indicadores quantificáveis como:

  • Pessoas atendidas;
  • Fluidez;
  • Tempo direcionado ao pedestre nas interseções e no conjunto da rede;
  • Consumo de combustível;
  • Indicadores ambientais;
  • Outros.

Para tanto, foram realizadas as seguintes atividades:

1 Estudo de Tráfego
Visando aumentar a segurança e o conforto para os pedestres e a melhoria das condições operacionais para a circulação do sistema de transporte foi desenvolvido um estudo de tráfego da área, usando o software Aimsun, considerando as seguintes diretrizes estratégicas:

  • Priorização do pedestre nas interseções;
  • Melhor atendimento ao transporte coletivo;
  • Atendimento especial dos fluxos de saída do centro;
  • Oferta de melhores alternativas para a dispersão do tráfego de atravessamento;
  • Organização e atendimento do restante dos veículos com o menor percurso possível dentro do centro.

Para o desenvolvimento desse estudo foram realizadas pesquisas em 247 interseções e foram microssimulados 280 km com 1443 interseções, sendo 389 delas semaforizadas.

2 Economia e Indicadores Ambientais
Após o desenvolvimento da microssimulação foram gerados alguns resultados que comparavam a situação atual com a proposta, mostrando grandes benefícios ao meio ambiente como:

  • Redução do consumo de combustíveis (R$ 58 milhões/ano);
  • Redução do efeito Estufa CO2 (93 mil ton/ano);
  • Economia de R$15 a hora (R$ 170 milhões/ano).

3 Projetos Viários
Foram desenvolvidos diversos projetos de acordo com o resultado do estudo de tráfego, sempre visando a melhoria das vias para circulação de pedestres e ônibus, entre eles:

  • Projeto Geométrico;
  • Projeto de Sinalização Horizontal e Vertical;
  • Projeto de Sinalização Indicativa;
  • Projeto de Sinalização semafórica;
  • Projeto Urbanístico e acessibilidade;
  • Projeto Paisagístico.

4 Acompanhamento da obra
Foi realizado o acompanhamento da implantação dos projetos viários para garantir sua fidelidade a concepção proposta.

Voltar ao topo da página
SYSTRA Brasil RUA OLIMPÍADAS, 100, VILA OLÍMPIA, SÃO PAULO - SP. TEL: (11) 3048-9300 | Email : brasil@systra.com