Demanda potencial e custos operacionais estacionamentos subterrâneos

Demanda potencial e custos operacionais estacionamentos subterrâneos

O Desafio

Nos últimos anos, a oferta de vagas na região central de Belo Horizonte (MG) não acompanhou o crescimento da
demanda, o que elevou significativamente o valor cobrado nos estacionamentos particulares. Além disso, procura por vagas em algumas áreas de estacionamento localizadas em vias públicas de grande circulação, mesmo que disciplinadas pela cobrança do “rotativo”, contribuem para redução da fluidez do trânsito no local.
Visando a modernização do sistema de operação de vagas de estacionamentos, a democratização do sistema viário e a melhor integração aos sistemas de transporte público, a Prefeitura de Belo Horizonte busca viabilizar a concessão para implantação (construção e operação) de estacionamentos subterrâneos na área central.

Nossas Missões
Visando subsidiar a análise de viabilidade de implantação do projeto, a SYSTRA, contratada por uma empresa privada interessada em disputar o leilão para exploração dos estacionamentos subterrâneos, buscou avaliar a demanda potencial pelas vagas a serem disponibilizadas, bem como estimar os custos para operação e manutenção de cada empreendimento. Para tanto, foram realizadas as seguintes atividades:

1 Caracterização da situação atual

  • Caracterização da demanda, oferta e utilização atual de estacionamentos existentes na região central de Belo Horizonte, em termos de estacionamento público gratuito, rotativo, e privado, além de locais de carga e descarga e pontos de taxi;
  • Análise das áreas de influência dos estacionamentos, no que tange aos diferentes usos e ocupação do solo;
  • Contagem de entrada e saída de veículos, com registro de placas, em áreas de estacionamento públicas e privadas nas diferentes áreas em estudo;
  • Pesquisa de opinião com usuários de estacionamento de cada área em estudo para caracterização do perfil de utilização;
  • Estimativa da quantidade de vagas atuais disponíveis, distribuição entre mensalistas, diaristas e horistas, taxas de ocupação (média e máxima), rotatividade e tempo de permanência e análise da demanda atual reprimida por estacionamento público em cada área.

2 Avaliação da demanda potencial

  • Estimativa da captação de veículos após o início da operação em cada estacionamento.
  • Projeção de crescimento da demanda ao longo do período de concessão, através da análise do potencial de atração de veículos para o centro, do crescimento da utilização de estacionamentos privados e do aumento da concorrência;
  • Definição de diferentes cenários de aumento da demanda (otimista, moderado e pessimista).
  • Avaliação de índices de desempenho de cada estacionamento no decorrer dos anos, com variação na taxa de ocupação e na proporção de mensalistas, diaristas e horistas.
  • Estimativa da receita potencial média por vaga e total de cada estacionamento ao longo da concessão nos diferentes cenários propostos.

3 Estimativa dos custos operacionais

  • Definição do horário de funcionamento, quantidade de vagas, local de acesso de pedestres, número de entradas e saídas de veículos e área bruta.
  • Dimensionamento (quantidade), especificação e orçamento dos equipamentos necessários para a operação dos estacionamentos: cancelas, caixas de cobrança manual e automática, CFTV, rádio, software de gestão, etc.;
  • Dimensionamento de equipe (pessoal, benefícios e obrigações sociais) e insumos (material, energia, água, seguro garagista, sinalização, manutenção de equipamentos) necessário para a operação dos estacionamentos;
  • Definição dos dispêndios (entre investimento e custeio) do concessionário ao longo do período de operação dos estacionamentos.

Ao todo, forma analisados 8 estacionamentos, totalizando 3.469 vagas em 5 áreas de interesse previstas para implantação de estacionamentos subterrâneos, a saber: Praça Sete; Praça Afonso Arinos; Praça da Savassi; Área Hospitalar; Fórum.

Voltar ao topo da página

Ler também

Ponte Rio Negro – SRMM/AM
Ponte Rio Negro – SRMM/AM
Ponte rodoviária sobre o Rio Negro, ligando as cidades de Manaus e Iranduba, (...)
Corredor São Mateus - SPTRANS
Corredor São Mateus - SPTRANS
Implantação de um corredor tronco-alimentador de transporte coletivo de (...)
Concessão do Sistema Rodoviário BA-093
Concessão do Sistema Rodoviário BA-093
Estudos para a estruturação da concessão do Sistema Rodoviário BA 093, para o (...)
Anel Viário de Campinas – DERSA
Anel Viário de Campinas – DERSA
Implantação do Anel Viário de Campinas entre o Trevo de Sousas e o km 86 da (...)
Arena Amazônia – SEINFRA/AM
Arena Amazônia – SEINFRA/AM
Gerenciamento das obras e dos serviços de engenharia de construção dos (...)
Terminais Urbanos da região Metropolitana de Belo Horizonte – DEOP MG
Terminais Urbanos da região Metropolitana de Belo Horizonte – DEOP MG
APOIO TÉCNICO OPERACIONAL NO GERENCIAMENTO E FISCALIZAÇÃO DAS OBRAS DOS (...)
VLT da Baixada Santista (RMBS)
VLT da Baixada Santista (RMBS)
Consolidação do Projeto Funcional do Sistema Integrado Metropolitano – SIM da (...)
Bus Rapid Transit (BRT) Manaus - Projeto Basico
Bus Rapid Transit (BRT) Manaus - Projeto Basico
SISTEMA ESTRUTURAL DE TRANSPORTE PÚBLICO DE PASSAGEIROS DE MANAUS: ESTUDOS (...)
Segregação de Linhas CPTM / MRS Logística S.A.
Segregação de Linhas CPTM / MRS Logística S.A.
Ponte entre Santos e Guarujá – Projeto Basico - DER/SP
Ponte entre Santos e Guarujá – Projeto Basico - DER/SP
A criação de uma ligação rodoviária direta entre as cidades de Santos e Guarujá (...)
Estudo de viabilidade do centro logístico integrado – CLI de Feira de Santana
Estudo de viabilidade do centro logístico integrado – CLI de Feira de Santana
ESTUDO DE VIABILIDADE TÉCNICA, ECONÔMICA, FINANCEIRA E AMBIENTAL DO CENTRO (...)
Corredor Metropolitano Guarulhos - SP (EMTU)
Corredor Metropolitano Guarulhos - SP (EMTU)
SYSTRA Brasil RUA GOMES DE CARVALHO, 1510, VILA OLÍMPIA, SÃO PAULO - SP. TEL: (11) 3048-9300 | Email : brasil@systra.com